Retorno

PILOTOS KTM SE DESPEDEM DE 2018 SEM SAIR DO PÓDIO

E já estão READY TO RACE para 2019

No Brasil e no mundo, o ano foi de grandes conquistas para os pilotos e suas motos laranja. As equipes demonstraram vontade, persistência e força para encarar os obstáculos e desafios, que muitas vezes não são somente físicos. Assim, venceram barreiras e conquistaram resultados importantes, aliando técnica e talento a tecnologia e potência.

Acompanhe todas as imagens na série de posts #TBRacing no Facebook e Instagram @KTMBrasilOficial.

Campeonatos Brasileiros de Enduro
Em março, abrindo a temporada 2018 na coletiva de imprensa para apresentação de suas equipes, a KTM apresentou as novidades nas três equipes de suas Concessionárias que são apoiadas pela marca, e, com verdadeiras máquinas de pilotagem, dominaram as principais competições do país.

Nos Campeonatos Brasileiros de Enduro, entre os destaques está a brilhante vitória antecipada de Bruno Crivilin no Campeonato Brasileiro de Enduro FIM. O jovem Crivilin, piloto da equipe Orange BH KTM América Racing, demonstrou muita maturidade e consistência ao mesmo tempo que evoluiu tecnicamente durante todo o campeonato, terminando o ano no topo das categorias Enduro GP e E1.

Na categoria E2, Vinícius Calafati, companheiro de equipe do Bruno, foi o grande vencedor e levou o troféu de 2018 pra casa.

Já Maiara Basso, da equipe Sacramento Racing, conquistou o título em sua temporada de estreia no enduro, vencendo três das quatro rodadas realizadas na classe feminina com a melhor pilotagem no espírito READY TO RACE.

Não paramos por aí, Sandro Hoffmann, da equipe Adventure Motorsport, com muita técnica, aliada à longa experiência, conquistou o seu 11º título, pela categoria sênior, no Campeonato Brasileiro de Enduro de Regularidade.

Campeonatos Regionais
Sandro Hoffmann, piloto da equipe Adventure Motorsport, conquistou mais um título do Campeonato Capixaba de Enduro de Regularidade, além do seu 15º título no Ibitipoca Off Road e o 10º título do Rally Cerapió/Piocerá, todos na categoria sênior.

Emerson Loth, da equipe Sacramento Racing, também comemorou um novo título: o piloto nem precisou disputar a etapa final da temporada para chegar ao sétimo título de campeão paranaense de enduro de regularidade. Loth consagrou-se com o troféu na categoria Master, a principal da competição.

Além deles, Gustavo Pellin, também da Sacramento Racing, subiu ao pódio diversas vezes no Rio Grande do Sul e foi o grande campeão do Campeonato Gaúcho de Enduro FIM pela categoria Geral e E2. Seu companheiro de equipe, Willian Palandi, dominou a categoria E1.

Girl Power
Maiara Basso, piloto multicampeã da equipe Sacramento Racing, terminou a temporada 2018 com seu primeiro título de campeã no Campeonato Brasileiro de Enduro FIM e o quarto no Campeonato Brasileiro de Motocross. Maiara também conquistou de forma invicta o terceiro título nacional do Campeonato Brasileiro de Velocross, sendo uma inspiração em tanta demonstração do poder feminino!

Laia Sanz, a Rainha do Deserto, levou sua KTM 450 RALLY até o impressionante 12º lugar do Rally Dakar 2018, um feito incrível, com muita determinação e consistência. É notável a extrema performance de Laia que, mesmo após alguns problemas de saúde enfrentados em 2018, já confirmou sua participação no Dakar 2019, que tem tido ótimo rendimento desde sua estreia em 2011.

Motovelocidade
O ano teve um surpreendente resultado laranja nas três categorias do Campeonato Mundial de Motovelocidade 2018, demonstrando o espírito READY TO RACE de toda equipe em um novo marco na história da KTM.

Pol Espargaro obteve a melhor colocação da KTM na categoria rainha desde sua estreia, em 2017, com um brilhante terceiro lugar no pódio.

Na Moto2, Miguel Oliveira surpreendeu novamente conquistando o título de vice-campeão mundial. O piloto controlou muito bem seu ritmo durante toda a temporada e apareceu 12 vezes no pódio, sendo 3 vitórias ao todo. Seu companheiro de equipe, Brad Binder, fechou a temporada em um consistente terceiro lugar.

Can Oncu, de apenas 15 anos de idade, surpreendeu com sua técnica, maturidade e vitória em sua primeira participação na categoria Moto3, a primeira etapa do piloto que também é vencedor do Red Bull MotoGP Rookies Cup 2018. Can, com muita consistência e agilidade, tornou-se o mais jovem piloto a conquistar o pódio. Precisamos dizer o quão empolgados e determinados estamos para a temporada 2019?

Campeonato Mundial de Motocross
A temporada 2018 do Campeonato Mundial de Motocross ainda não tinha chegado a sua última etapa e a KTM Factory Racing já havia garantido a surpreendente dobradinha laranja nas categorias MXGP e MX2.

Jeffrey Herlings foi o campeão da categoria principal, com 17 vitórias em 19 rodadas (mesmo não participando de uma etapa, devido a uma lesão na clavícula!). Tony Cairoli, seu companheiro de equipe, conquistou o segundo lugar na classificação geral: dobradinha da KTM na maior classe do motocross mundial!

Na categoria MX2, Jorge Prado demonstrou muita técnica e consagrou-se campeão, sendo um dos mais jovens campeões da categoria, seguido na classificação geral pelo seu companheiro de equipe, Pauls Jonass, que havia sido o campeão mundial da categoria em 2017, mas que completou a segunda dobradinha na temporada.

SuperEnduro
No começo de 2018 já prevíamos um ano excepcional para o time laranja. Os pilotos Cody Webb e Taddy Blazusiak, campeão e vice-campeão do Mundial de SuperEnduro 2018, ficaram separados por apenas 15 pontos na classificação geral, em um pódio duplo laranja.

Campeonato Mundial de Cross-Country Rallies/Rally Dakar
A equipe laranja abriu a temporada 2018 no melhor estilo #READYTORACE. Matthias Walkner encontrou o equilíbrio perfeito entre velocidade e poucos erros de navegação, com uma pilotagem inteligente desde o primeiro estágio da prova. O resultado: a 17ª vitória consecutiva da KTM no notoriamente desafiador Rally Dakar. O pódio ficou completo com Toby Price, que conquistou o terceiro lugar depois de ter lutado com muita garra e determinação.

As conquistas do ano ainda não acabaram na modalidade. Toby Price conquistou também mais um título extraordinário, o de Campeão Mundial de Cross-Country Rallies em 2018. Price demonstrou ótima recuperação da lesão sofrida em 2017, além da excelente performance para fechar o resultado com 7 minutos de vantagem frente ao segundo colocado, seu companheiro de equipe, Matthias Walkner.

Novidade: Campeonato Brasileiro de Supermoto
Além de todas as conquistas, em 2018 os amantes das únicas motos #READYTORACE tiveram mais um motivo para comemorar – e torcer. A CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) homologou a participação da KTM 200 DUKE na categoria Street 250 e da KTM 390 DUKE ABS na categoria Speed 300 do Campeonato Brasileiro de Supermoto.

A validação ocorreu após testes de dinamômetro e de pista serem realizados com as motos laranjas, para regulamentar as possíveis alterações e adequações. A admissão também é válida para todos os campeonatos regionais.